Parcerias

Curtir no Facebook

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Mundo da Sustentabilidade
Quais são os impactos ambientais de um smartphone?

Quais são os impactos ambientais de um smartphone?

O smartphone (telefone inteligente, em tradução livre) é um aparelho celular que faz uso de um sistema operacional (OS) - esse sistema permite que o item exerça distintas funções por meio de programas ou aplicativos (apps), algo que era comum apenas em computadores. O pequeno aparelho tem revolucionado a vida de muitas pessoas, pois não importa em que local o usuário esteja (casa, trabalho, rua, praia), o usuário sempre poderá se conectar com o mundo e executar uma infinidade de tarefas complexas com a ponta de seus dedos.

O smartphone se tornou um bem de uso "essencial" para muitos que necessitam fazer ligações, enviar mensagens de texto, jogar diversos games, assistir a filmes e seriados, procurar rotas por meio do GPS, elaborar planilhas, acessar sites, ler noticias, entre outras funcionalidades.

 
Aplicativo vai facilitar os deslocamentos de quem não tem carro em São Paulo

Aplicativo vai facilitar os deslocamentos de quem não tem carro em São Paulo

O aplicativo SP sem Carro foi lançado na quarta-feira, 28 de outubro, no Instituto de Engenharia, na capital paulista, e é inspirado no aplicativo de trânsito e navegação para carros Waze. Mas, em vez de facilitar a vida do motorista, a nova ferramenta é dedicada para quem não tem carro, orientando-o em seus deslocamentos pela cidade, sejam eles feitos a pé, de bicicleta, ônibus, metrô e táxi. O aplicativo calcula o tempo do percurso, oferece opções de caminhos e estima o valor das tarifas dos serviços pagos.

 
Transição para economia de baixo carbono custará US$ 3 trilhões, estimam especialistas

Transição para economia de baixo carbono custará US$ 3 trilhões, estimam especialistas

Quanto custará a transição para uma economia global de baixo carbono? Segundo estudiosos do clima de todo o mundo o investimento é de US$ 3 trilhões por ano, sendo US$ 1 trilhão apenas no setor de energia. A estimativa foi debatida na terça-feira, 27 de outubro, no seminário The Rio Climate Challenge - Rio Clima 2015, que teve nesta terceira edição o tema Transição para economias de baixo carbono.

No evento, que é preparatório para a Conferência do Clima das Nações Unidas (COP21) - marcada para o período de 30 de novembro a 11 de dezembro, em Paris - os debates foram fechados ao público. Participaram do encontro especialistas do Brasil, França e Estados Unidos.

 
Sociedade com custo marginal zero - A internet das coisas, os bens comuns colaborativos e o eclipse do capitalismo

Sociedade com custo marginal zero - A internet das coisas, os bens comuns colaborativos e o eclipse do capitalismo

Na segunda metade do século XXI, a economia mundial será híbrida e um sistema colaborativo estará convivendo com um capitalismo cada vez menos importante.

A previsão provocativa é do americano Jeremy Rifkin, que acaba de publicar seu novo livro em português: Sociedade com custo marginal zero - A internet das coisas, os bens comuns colaborativos e o eclipse do capitalismo.

Depois de uma série de bestsellers sobre os impactos da tecnologia na economia, ele foi além e vislumbrou um futuro no qual a lógica colaborativa da internet tomou conta de quase todo o sistema.

 
Máquina troca resíduos recicláveis por vale-transporte em terminal do Rio

Máquina troca resíduos recicláveis por vale-transporte em terminal do Rio

Os usuários do transporte público da Zona Oeste do Rio podem agora trocar cinco embalagens recicláveis por um cartão RioCard. Na prática, o usuário troca lixo por uma passagem de ônibus. A novidade teve início no dia 19 de outubro, no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca.

A ideia foi a vencedora entre mais de 1,6 mil propostas entre 2013 e 2014 no Rio+, uma plataforma de soluções colaborativas para a cidade. O projeto é idealizado pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria.

 
Casa autossuficiente em Niterói dispensará redes elétrica, de água e esgoto

Casa autossuficiente em Niterói dispensará redes elétrica, de água e esgoto

As casas do futuro poderão dispensar as redes elétrica, de água e esgoto. E uma prova real disso está prestes a ser concretizada em Niterói, no Rio de Janeiro, por meio do projeto NO.V.A (Nós Vivemos o Amanhã), uma parceria entre a empresa Ampla com a PUC-Rio e FGV-RJ.

A iniciativa disponibilizou um site onde pessoas do mundo todos eram convidadas a deixar suas sugestões do que seria para eles uma casa ideal no futuro.

 
Primeiro corredor de eletropostos do Brasil será inaugurado em novembro

Primeiro corredor de eletropostos do Brasil será inaugurado em novembro

O primeiro corredor de eletropostos do Brasil, que ligará Campinas a São Paulo, será inaugurado pela CPFL Energia na primeira semana de novembro.

Até 2018, a empresa de distribuição de energia promete mais 25 pontos de recarga de carros elétricos públicos (em ruas) e semi-privados (dentro de shoppings, por exemplo).

O primeiro equipamento fica no posto da rede Graal do km 67 da rodovia Anhanguera. O segundo, ainda sem previsão de início de funcionamento, será no posto do km 56 da rodovia Bandeirantes, também da rede Graal.

 
OMS classifica carne processada como alimento cancerígeno

OMS classifica carne processada como alimento cancerígeno

Carnes processadas – como salsicha, presunto, linguiça, hambúrguer e bacon – foram classificadas como alimentos cancerígenos para seres humanos, conforme divulgado na segunda-feira, 26 de outubro, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Já a carne vermelha, incluindo partes do boi, porco, carneiro, bode e cavalo, foi classificada como alimento de provável risco cancerígeno.

A decisão foi tomada pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (Iarc, na sigla em inglês) e levou em consideração evidências de que o alto e frequente consumo de carne processada provoca câncer colorretal.

 
Relatório do Pnuma revela impactos do comércio mundial no meio ambiente

Relatório do Pnuma revela impactos do comércio mundial no meio ambiente

Ao passo em que os países vêm se tornando cada vez mais dependentes do comércio mundial, com 40% dos recursos extraídos no mundo ligados direta ou indiretamente ao comércio, novas políticas são necessárias para tratar de impactos ambientais adversos, de acordo com novo relatório internacional divulgado na segunda semana de outubro.

“Comércio Internacional em Recursos: Uma análise biofísica”, produzido pelo Painel Internacional de Recursos (IRP, em inglês), organizado pelo Programa da ONU para o Meio Ambinete (Pnuma), revela que o valor das trocas comerciais internacionais cresceu seis vezes mais e o seu volume mais que dobrou entre 1980 e 2010.

 
Capital da Noruega planeja abolir os carros da zona central até 2019

Capital da Noruega planeja abolir os carros da zona central até 2019

Enquanto a Prefeitura de São Paulo enfrenta forte resistência para restringir o uso de carros na Avenida Paulista, mesmo que somente aos domingos, Oslo, a capital da Noruega, anunciou recentemente que irá livrar sua zona central do tráfego de carros e construirá ao menos 60 quilômetros de faixas para bicicletas até 2019.

A informação é do recém-eleito conselho da cidade, que é formado por membros do Partido Trabalhista Norueguês, Partido Verde e Partido da Esquerda Socialista.

“Queremos um centro livre de carros e melhorar a região para pedestres, ciclistas”, explicou à agência de notícias Reuters Lan Marie Nguyen Berg, que pertence ao Partido Verde do país e é uma das líderes dessa proposta.

 
Empresa vai investir na construção de 40 jardins verticais do centro de São Paulo

Empresa vai investir na construção de 40 jardins verticais do centro de São Paulo

A inauguração do primeiro jardim vertical em um prédio vizinho ao elevado Costa e Silva, o Minhocão, em setembro de 2015, despertou o interesse de novos empreendedores para apoiar o projeto. No dia 14 de outubro, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), recebeu a visita de representantes da empresa Tishman Speyer, que se propuseram a converter R$ 12 milhões, oriundos de compensação ambiental, para a implantação de novos jardins verticais no corredor verde do Minhocão.

A estimativa é que até 40 empenas cegas (paredes lisas e externas de edifícios, sem abertura a iluminação, ventilação e insolação) sejam beneficiadas com o projeto.

 
Cuidar e respeitar o valor intrínseco de cada ser

Cuidar e respeitar o valor intrínseco de cada ser

A esplêndida encíclica do Papa Francisco “sobre o cuidado da Casa Comum” insiste continuamente que cada ser, por menor que seja, possui valor intrínseco e tem algo a nos dizer, ademais de estar sempre interconectado com todos os demais seres. Por isso merece respeito e cuidado de nossa parte.

Estes pensamentos nos remetem ao pensador que melhor no Ocidente pensou o ilimitado respeito a tudo o que existe e vive: o médico suíço Albert Schweitzer (1875-1965). Era oriundo da Alsácia. Desde cedo apresentou traços de genialidade. Tornou-se famoso exegeta bíblico com vasta obra especialmente sobre questões ligadas à possibilidade ou não de se fazer uma biografia científica de Jesus. Era também um exímio organista e concertista das obras de Bach e compositor. Foi grande a minha emoção quando visitei a sua casa e o órgão que tocava em Kaysersberg.

 
Livro didático digital ainda não chegou aos estudantes

Livro didático digital ainda não chegou aos estudantes

Apesar de estarmos vivendo num mundo cada vez mais digital, onde as crianças e adolescentes dominam as novidades tecnológicas com muita rapidez, os avanços no campo pedagógico ainda são pequenos no Brasil. A maioria das editoras de livros didáticos já oferece o conteúdo em formato digital e os recursos pedagógicos são muitos, mas a adoção deles pelas escolas ainda está lenta.

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares (Abrelivros), Antonio Luiz Rios da Silva, não há estatísticas sobre o mercado de livro didático digital, mas ele garante que praticamente todas as editoras do país já têm iniciativas nesse sentido. “Não são todas as coleções que têm, mas boa parte delas já conta com a possibilidade do aluno e da escola trabalharem com livro digital, que na realidade é uma reprodução do livro impresso, com algum enriquecimento, como vídeos, infográficos, jogos, links”.

 
Ônibus com painéis solares começa a circular na Turquia

Ônibus com painéis solares começa a circular na Turquia

O primeiro ônibus que utiliza energia solar já esta circulando em Istambul, na Turquia. Mas, calma! Os painéis solares não fazem o veículo se mover... Eles apenas captam energia para as catracas, alto-falantes, câmeras, conexão à internet via wi-fi e carregadores de celular.

O ônibus funciona com um motor tradicional, movido a diesel. Mesmo assim, é possível dizer que a tecnologia mista amplia a eficiência energética do veículo (que passa a não emitir poluentes para cumprir as funções acessórias).

 
Lixo eletrônico, uma oportunidade de transformação e crescimento para o Brasil

Lixo eletrônico, uma oportunidade de transformação e crescimento para o Brasil

Os efeitos da inovação na vida das pessoas chamam a atenção. A tecnologia está presente em celulares, computadores, televisores, geladeiras, enfim, em praticamente tudo o que utilizamos em nosso cotidiano. O mundo sem tecnologia seria a ruína.

Segundo a consultoria IDC (International Data Corporation), de janeiro a dezembro de 2014, os brasileiros compraram cerca de 54,5 milhões em smartphones, 10,3 milhões de computadores e 9,5 milhões de tablets. Dada a crise de 2015, o mercado estima apenas a manutenção desses números. Junte a esse montante os eletrodomésticos, televisores, aparelhos de DVD, geladeiras, micro-ondas e outros consumíveis.

 
Pesquisadores alertam para impactos da elevação do nível do mar

Pesquisadores alertam para impactos da elevação do nível do mar

Estudo patrocinado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), feito em parceria entre pesquisadores do Brasil, dos Estados Unidos e da Inglaterra, alerta que, por causa do aquecimento global e de fenômenos climáticos, o nível do mar na cidade paulista de Santos poderá se elevar até 30 centímetros até 2050, trazendo tanto impactos ambientais quanto econômicos.

O estudo faz parte de um acordo de cooperação com o Belmont Forum, grupo formado pelas principais agências financiadoras de projetos de pesquisa sobre mudanças ambientais no mundo. Seus resultados foram apresentados às autoridades e à população de Santos no dia 30 de setembro.

 
Brasil perde R$ 156,2 bilhões do PIB com a morosidade do trânsito em São Paulo

Brasil perde R$ 156,2 bilhões do PIB com a morosidade do trânsito em São Paulo

Quanto custa ficar parado no trânsito em São Paulo? Esta pergunta foi respondida com precisão. “Hoje, pessoas que trabalham fora de casa gastam em média 100 minutos do dia na ida e volta entre os locais de moradia e de trabalho. Considerando as características estruturais da Região Metropolitana de São Paulo e os padrões de mobilidade verificados em outras cidades do país, seria possível reduzir esse intervalo de tempo em até meia hora. O aumento de produtividade resultante faria o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que atingiu o patamar de R$ 5,5 trilhões em 2014, crescer aproximadamente 2,83% - ou seja, R$ 156,2 bilhões. E isso acarretaria um adicional de R$ 97,6 bilhões no consumo da população brasileira.”

 
Metas enviadas à ONU sobre aquecimento não limitam aumento de temperatura a 2°C

Metas enviadas à ONU sobre aquecimento não limitam aumento de temperatura a 2°C

O Climate Action Tracker, organização composta por instituições científicas que monitoram o aquecimento global, divulgou na quinta-feira, 1º de outubro, uma análise de 19 Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas (INDC), que são documentos com as metas de cada país para reduzir as emissões de gases do efeito estufa.

As propostas foram enviadas à ONU pelos países-membros e serão o ponto de partida das negociações da Convenção do Clima de Paris, entre 30 de novembro e 11 de dezembro.

O estudo concluiu que, por enquanto, o esforço desses países ainda não é suficiente para limitar o aumento da temperatura a 2°C até o fim do século em relação ao período pré-industrial.

 
Sebrae lança nova cartilha sobre sustentabilidade nos pequenos negócios

Sebrae lança nova cartilha sobre sustentabilidade nos pequenos negócios

A consciência sobre a necessidade de conciliar ganhos econômicos com a preservação ambiental e o bem-estar social mudou muito nas últimas duas décadas. Durante muito tempo se acreditou que "sustentabilidade custa caro", ou que "sustentabilidade é para grandes empresas".

Essas são ideias ultrapassadas e devem ser abandonadas o mais rápido possível, sob o risco dos pequenos negócios perderem competitividade perante os concorrentes que estão cada dia mais preparados para atender às demandas dos mercados por uma produção mais limpa e socialmente justa.

 
Tesla apresenta o primeiro SUV elétrico de luxo do mundo

Tesla apresenta o primeiro SUV elétrico de luxo do mundo

Um carro que acelera de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos, tem autonomia de até 400 quilômetros numa única carga e velocidade limitada a 250 km/h. Assim é o Model X, o primeiro SUV elétrico de luxo do mundo, que foi apresentado na noite de terça-feira, 29 de setembro, pelo CEO da Tesla, Elon Musk.

O Model X conta com o mesmo sistema de propulsão do Model S, primeira criação da marca. Durante o evento em Fremont, na Califórnia, Musk destacou que "a missão da Tesla é acelerar o advento do transporte sustentável." Contudo, o preço da nova máquina também é de luxo: 130 mil dólares (cerca de 535 mil reais) nos Estados Unidos.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 3 de 87