Parcerias

Curtir no Facebook

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Mundo da Sustentabilidade
Bairro alemão que apostou na energia solar produz quatro vezes mais eletricidade do que consome

Bairro alemão que apostou na energia solar produz quatro vezes mais eletricidade do que consome

A energia solar registra crescimento em todo o mundo, principalmente em países que incentivam essa fonte renovável de geração energética que, além de limpa, ainda gera economia na conta de luz. Nesse sentido, a Alemanha, segundo maior produtor mundial (atrás apenas da China) é um grande exemplo.

Um bom modelo a ser seguido é o do vilarejo conhecido como Schlierberg, em Freiburg. As 59 residências que compõem o bairro de aproximadamente 11.000 m² (há ainda um edifício comercial, chamado de Sun Ship – Navio Solar) são feitas de madeira. As casas têm aquecimento solar, instalações fotovoltaicas nos telhados e utilizam a luminosidade natural. Tecnologias avançadas como o isolamento a vácuo aumentam o desempenho térmico do sistema de construção. Outro processo utilizado é o de ventilação ativa com recuperação de calor.

 
A torneira do futuro economiza até 15% de água com incríveis jatos geométricos

A torneira do futuro economiza até 15% de água com incríveis jatos geométricos

Em tempos de escassez de água em boa parte do mundo, empreendedores são desafiados a criar soluções capazes de ao menos minimizar o problema.

Esse é o caso de Simin Qiu, estudante da conceituada escola de artes Royal College of Art de Londres, que projetou uma torneira que economiza até 15% de água e que faz isso através de jatos de água em formas geométricas e espiraladas.

O efeito que, além de belo, economiza água, ocorre devido ao interior da invenção, que é construída com turbinas duplas e bicos que formam os desenhos e ainda possui limitadores que diminuem a vazão, apenas fornecendo a quantidade certa e necessária de água.

 
Estrada que carrega carros elétricos está em teste no Reino Unido

Estrada que carrega carros elétricos está em teste no Reino Unido

Enquanto o Brasil possui atualmente apenas cerca de três mil veículos elétricos em circulação (0,04% da frota mundial), segundo dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), esses automóveis menos poluentes são cada vez mais comuns em países como Japão, Estados Unidos e Reino Unido.

O problema é que recarregar as baterias dos carros elétricos ainda é um problema, primeiro porque as estações de recarga muitas vezes estão muito distantes umas das outras e, além disso, esses veículos demandam algum tempo para serem recarregados.

 
UFRJ inaugura estacionamento que vai gerar energia solar

UFRJ inaugura estacionamento que vai gerar energia solar

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) inaugurou na terça-feira, 18 de agosto, na Cidade Universitária, na Ilha do Fundão, um estacionamento que vai gerar energia solar a ser distribuída para todo o campus, proporcionando uma economia de R$ 40 mil por ano na conta de luz da instituição.

A iniciativa é do Fundo Verde de Desenvolvimento e Energia para a Cidade Universitária da UFRJ, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, criado por decreto governamental em 2012. É uma parceria entre o governo fluminense, a distribuidora Light e a universidade para financiar projetos de desenvolvimento sustentável no campus universitário. Os projetos financiáveis são aprovados pelo Conselho do Fundo Verde e passam por licitação pública.

 
Google lança ferramenta para ajudar consumidores a calcular potencial de energia solar

Google lança ferramenta para ajudar consumidores a calcular potencial de energia solar

Um número crescente de pessoas recorrem à internet para obter informações sobre potenciais economias que poderiam fazer ao optar pela energia solar. De olho nessa demanda, o Google lançou na segunda-feira, 17 de agosto, seu mais recente empreendimento no mundo das fontes renováveis: o Project Sunroof.

Trata-se de uma ferramenta online que ajuda proprietários a calcular o potencial de captação de energia solar dos seus telhados e decidir se vale a pena instalar um sistema fotovoltaico em casa.

 
Dinamarca quer ser o primeiro país a ter lei para agricultura 100% orgânica

Dinamarca quer ser o primeiro país a ter lei para agricultura 100% orgânica

A Dinamarca já é o país com maior desenvolvimento e amplitude do comércio de produtos orgânicos, mas se engana quem pensa que vai contentar-se com essa marca. O governo dinamarquês pretende agora adotar uma agricultura totalmente sustentável por meio da transformação de toda sua produção em orgânica.

A meta é duplicar a quantidade atual de terra cultivada organicamente até 2020. Só até o final de 2015 serão investidos mais de 53 milhões de euros para ampliar esse tipo de agricultura sustentável, que dispensa a utilização de agrotóxicos.

 
Cresce número de empresas que divulgam emissões de gases do efeito estufa

Cresce número de empresas que divulgam emissões de gases do efeito estufa

O Programa Brasileiro GHG Protocol, maior iniciativa da América do Sul para publicação de inventários corporativos de gases de efeito estufa (GEE), realizou no dia 11 de agosto, no Teatro Vivo, em São Paulo (SP), a sétima edição de seu evento anual. Na ocasião, foram publicados 313 inventários – sendo 133 de organizações membros da iniciativa.

Coordenada pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da EAESP-FGV, a iniciativa tem como objetivo a difusão da cultura de realização de inventários de GEE entre organizações brasileiras e, desde sua criação em 2008, possui em seu Registro Público de Emissões mais de 1.100 inventários de GEE disponíveis para consulta.

 
Plásticos e bicicletas na construção do processo civilizatório

Plásticos e bicicletas na construção do processo civilizatório

Aparentemente menores diante das crises, econômica e política atuais, as acirradas discussões em torno da cobrança de sacolas plásticas e a instalação de ciclovias, ocupam um espaço importante no debate sobre o nosso futuro.

Isso passa, basicamente, pelo acirramento da barbárie ou pela busca de uma cidadania mais efetiva que busque harmonizar o convívio e a qualidade de vida nos centros urbanos brasileiros.

Não é de hoje que o tema cobrança ou não de sacolas plásticas tem ocupado um lugar de destaque nos noticiários e nas conversas de botequim e elevador. Em São Paulo, a lei agora em vigor, determina que o comércio é obrigado a ceder aos clientes apenas sacolas reutilizáveis nas cores verde e cinza, produzidas com matéria-prima renovável. A exigência fez com que muitos supermercados passassem a cobrar entre R$0,08 e R$0,10 pelas novas sacolas.

 
No Brasil, 80 mil toneladas de resíduos sólidos são descartadas de forma inadequada todos os dias

No Brasil, 80 mil toneladas de resíduos sólidos são descartadas de forma inadequada todos os dias

Cerca de 80 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos são descartadas de forma inadequada no Brasil todos os dias, correspondendo a mais de 40% do lixo coletado. Mesmo com aumento de 6,2% ao ano do volume de resíduos dispostos de forma adequada, “esse índice tem evoluído a passos lentos, e o volume absoluto de resíduos dispostos de forma inadequada tem aumentado gradativamente”, afirma o representante do Instituto Ekos Brasil, Ricardo Scacchetti.

Para discutir o assunto, o Instituto Ekos Brasil vai reunir, com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PnuD), especialistas dos setores público, privado e do terceiro setor, no Seminário de gestão de resíduos sólidos urbanos, dia 27 de agosto, em Brasília. O evento pretende debater a importância do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos e o planejamento para implantação e financiamento da gestão sobre o tema.

 
Conheça a bolsa feita com frutas que seriam descartadas

Conheça a bolsa feita com frutas que seriam descartadas

O desperdício de alimentos é um dos grandes problemas (e absurdos) dos nossos tempos. Estima-se que 1,3 bilhão de toneladas de alimentos, ou aproximadamente 30% da produção mundial, seja perdida ou desperdiçada anualmente, segundo dados da ONU.

Com base nesses dados, alunos de design do Willem de Kooning Academie, no sul da Holanda, criaram acessórios de uso comum feitos a partir de frutas que iriam para o lixo.

Eles desenvolveram bolsas feitas de mangas, sacolas de compras derivadas de nectarinas e até abajures criados com polpa de pêssegos.

 
Para conter poluição, Holanda terá o maior purificador de ar do mundo

Para conter poluição, Holanda terá o maior purificador de ar do mundo

Uma a cada oito mortes no mundo é causada pela exposição ao ar poluído, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Só em 2012, cerca de 7 milhões de pessoas morreram devido à poluição atmosférica, duas vezes mais do que as estimativas anteriores. De acordo com a agência da ONU, esta é a principal causa ambiental de riscos à saúde.

Ao pensar em dados preocupantes como esses, o designer Daan Roosegaarde criou o protótipo de um purificador de ar que deverá ser construído em setembro na cidade de Roterdã (Holanda). Desenhado em forma de torre, o aparelho de 6,5 metros será o maior purificador de ar do mundo.

 
Austrália anuncia intenção de reduzir emissões de CO2 em 26% até 2030

Austrália anuncia intenção de reduzir emissões de CO2 em 26% até 2030

A Austrália, um dos maiores poluidores mundiais per capita, planeja reduzir suas emissões de CO2 em ao menos 26% até 2030 em relação aos níveis de 2005, anunciou na terça-feira, 11 de agosto, o primeiro-ministro, Tony Abbott, cuja fama de "cético do clima" já foi noticiada aqui no EcoD.

Abbott destacou a determinação de seu governo em buscar um equilíbrio entre objetivos ambientais e econômicos. "É um bom objetivo, sólido, responsável do ponto de vista econômico, responsável do ponto de vista ambiental", ressaltou a agência France Presse.

 
Setor energético brasileiro quadruplica emissões de carbono, revela relatório

Setor energético brasileiro quadruplica emissões de carbono, revela relatório

O setor de energia (que inclui produção e consumo de combustíveis e energia elétrica) brasileiro quadruplicou seus níveis de emissões dos gases de efeito estufa entre 1970 e 2013, respondendo ao final deste período por 29% do total de CO2 despejado na atmosfera pelo País. Os dados constam de uma análise ampliada divulgada nesta terça-feira, 11 de agosto, pelo Observatório do Clima (OC) ? rede que reúne 37 entidades da sociedade civil com o objetivo de discutir as mudanças climáticas no contexto nacional.

Segundo o OC, nenhum outro setor teve crescimento tão acelerado e em níveis tão altos de emissão. A análise permite traçar uma curva de emissões brasileiras em toda a economia e projetá-las para os próximos anos. O resultado é preocupante: embora o Brasil ainda tenha chance de cumprir a meta proposta em 2009 (de reduzir suas emissões em 2020 em relação à tendência), tudo indica que daqui a cinco anos essa trajetória será ascendente.

 
Cientistas descobrem material capaz de transformar CO2 em combustível

Cientistas descobrem material capaz de transformar CO2 em combustível

Um novo material que não apenas captura o dióxido de carbono (CO2) - gás que mais contribui para as mudanças climáticas - mas também o converte em combustível. Assim é o tetrâmetro de cobre, descoberto recentemente pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos.

O novo composto consiste em pequenos grupos de quatro átomos de cobre, unidos por uma camada fina de óxido de alumínio.

Os tetrâmeros de cobre se ligam ao CO2 e ajudam a acelerar sua conversão em metanol, que pode ser armazenado ou queimado em forma de combustível.

 
Geólogos descobrem túnel de animais extintos na região amazônica

Geólogos descobrem túnel de animais extintos na região amazônica

A primeira toca de preguiças gigantes da região amazônica, extintas há milhares de anos na América do Sul, foi descoberta no último mês por pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil. A caverna já era conhecida por moradores da região de Ponta do Abunã, em Rondônia, mas não havia sido classificada como paleotoca, ou seja, cavada por animais extintos.

De acordo com o geólogo Amilcar Adamy, responsável pela descoberta, a paleotoca existe há pelo menos 10 mil anos e tem no mínimo 100 metros de extensão. A toca tem marcas de garra que indicam que foi escavada por espécies de grande porte.

 
Lâmpada criada por engenheira precisa de apenas água com sal para iluminar

Lâmpada criada por engenheira precisa de apenas água com sal para iluminar

Mais de 1,3 bilhão de pessoas vivem sem energia elétrica em todo o mundo, segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). Como se não bastasse esse dado alarmante, ainda há mais de 670 milhões de lâmpadas alimentadas por querosene - que além de caras, representam riscos tanto à saúde humana como ao meio ambiente de forma geral, devido à poluição atmosférica.

Ao pensar nisso, a engenheira Aisa Mijena desenvolveu uma fonte de luz de baixo custo, que precisa de apenas um copo d’água e duas colheres de sopa de sal – dosagem que garante oito horas de luz.

 
Facebook anuncia drone gigante alimentado por energia solar para levar internet a áreas remotas

Facebook anuncia drone gigante alimentado por energia solar para levar internet a áreas remotas

A rede social Facebook anunciou nesta quinta-feira, 31 de julho, que construiu um drone gigante capaz de voar a uma altura de até 27,5 quilômetros para levar a internet a áreas remotas do planeta.

O veículo aéreo não tripulado, chamado Aquila, é alimentado por energia solar e pode permanecer no ar por um período de 90 dias.

O projeto está integrado a iniciativa Internet.org, por meio da qual o Facebook quer facilitar o acesso à internet nos países em desenvolvimento.

 
Google Street View também vai medir a qualidade do ar que respiramos

Google Street View também vai medir a qualidade do ar que respiramos

Conhecido por permitir a exploração dos mais diversos lugares do mundo através de imagens panorâmicas, o Google Street View agora vai medir a qualidade do ar que respiramos nas cidades.

Recentemente, o Google fechou uma parceria com a Aclima, uma empresa americana que desenvolve tecnologias ambientais, para equipar seus carros com sensores capazes de monitorar a concentração de poluição na atmosfera.

A investida abre caminho para a geração de mapas de alta resolução sobre a qualidade do ar nas cidades e promete aumentar o entendimento sobre o fluxo dos principais poluentes em nível local.

 
Mundo terá 9,7 bilhões de habitantes em 2050

Mundo terá 9,7 bilhões de habitantes em 2050

Mais de 7 bilhões de pessoas vivem no mundo atualmente e o crescimento populacional continuará pelas próximas décadas. Em 2050, serão 9,7 bilhões de habitantes e no ano de 2100, o planeta deverá ter 11,2 bilhões de pessoas. A projeção é das Nações Unidas, que apresentou nesta quarta-feira, 29 de julho, uma revisão da sua estimativa de crescimento populacional. O aumento pode ser atribuído a uma pequena lista de países com altos índices de fertilidade, especialmente na África.

Até 2050, nove países vão concentrar metade do crescimento populacional: Índia, Nigéria, Paquistão, República Democrática do Congo, Etiópia, Tanzânia, Estados Unidos, Indonésia e Uganda.

 
Mais saudável, pó extraído de planta pode substituir sal de cozinha

Mais saudável, pó extraído de planta pode substituir sal de cozinha

Um tipo de sal que tem três vezes menos cloreto de sódio, evita o envelhecimento das células, combate o colesterol e até alguns tumores. Assim é o sal verde - pó extraído da espécie Sarcocornia ambigua - pequena planta encontrada em regiões litorâneas de Santa Catarina que pode ser uma alternativa saudável para o vilão da pressão alta, o sal de cozinha.

Atualmente, pesquisadores da Epagri e da Universidade Federal de Santa Catarina estudam a viabilidade econômica da planta e como produzir em escala.

A planta foi descoberta há quase 10 anos pela bióloga e fitoterapeuta Cecilia Cipriano Osaida e pelo pesquisador da Epagri na época, agora aposentado, Amaury Silva Júnior.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 87