Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Mundo da Sustentabilidade
Cuidar dos oceanos é salvar o planeta, diz especialista Sylvia Earle

Cuidar dos oceanos é salvar o planeta, diz especialista Sylvia Earle

Agora não há mais desculpas. Oitenta anos atrás, quando Sylvia Earle era uma criança dando seus primeiros passos na areia da praia, o oceano era visto como uma fonte inesgotável de recursos, grande demais para ser influenciada de alguma forma pela ação humana. Os peixes não acabariam nunca, e o lixo jogado em suas águas simplesmente seria diluído ou desapareceria para sempre no fundo do mar.

Só que não. Hoje, aos 82 anos, com mais de 7 mil horas de mergulho e dezenas de expedições científicas na bagagem, a já lendária oceanógrafa americana viaja incansavelmente pelo mundo, com a missão de apagar essa visão equivocada e abrir os olhos das pessoas para a realidade dos fatos.

“Basta olhar as evidências”, diz ela. Os impactos da ação humana no oceano são imensos. Cerca de metade dos recifes de coral da Terra já desapareceu, e cerca de 90% dos grandes peixes marinhos – animais esplendorosos como o atum-azul, o espadarte e várias espécies de tubarão – já foram extirpados do oceano pela pesca. Uma chacina equivalente à devastação das florestas e à matança de elefantes, tigres e outros animais selvagens em terra; só para citar alguns exemplos.

 
Áreas protegidas aumentam, mas falta efetividade

Áreas protegidas aumentam, mas falta efetividade

As áreas de proteção propostas para o Arquipélago de São Pedro e São Paulo e para a Ilha de Trindade, com mais de 400 mil quilômetros quadrados cada uma (um território oceânico do tamanho do Paraná), se aprovadas, entrarão para a lista das 20 maiores unidades de conservação marinhas do mundo – nas posições 16.ª e 17.ª

A criação de áreas protegidas gigantes no oceano virou uma tendência mundial nos últimos anos, impulsionada pela adoção das chamadas Metas de Aichi, acordo internacional sancionado pela Convenção sobre Diversidade Biológica das Nações Unidas, que prevê a proteção de pelo menos 10% das áreas costeiras e marinhas de cada país signatário até 2020. Mais de 14 milhões de km² de áreas protegidas marinhas foram criadas desde 2010, quando o acordo foi assinado, elevando a taxa de proteção global dos oceanos de 2,5% para quase 7%, segundo dados do World Database on Protected Areas.

 
Sustentabilidade na estratégia de negócios: possibilidades para o setor de construção civil

Sustentabilidade na estratégia de negócios: possibilidades para o setor de construção civil

Satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade de que futuras gerações tenham suas próprias necessidades atendidas. Em 1987, a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento da ONU já alertava para as diretrizes do chamado Desenvolvimento Sustentável. Essa visão antecipava o que viria a ser a Sustentabilidade aplicada à maneira como interagimos com nosso contexto cotidiano, através das relações de consumo e hábitos diários.

Visando atingir à fatia do mercado interessada em gerar menor impacto, empresas iniciaram o movimento de relampejar processos, produtos e inovações que atendessem à necessidade de seus consumidores sem perder de vista a sustentabilidade de seus próprios negócios. Um exemplo que tomou conta dos noticiários nos últimos anos foi a Tesla, que revolucionou o mercado com veículos elétricos com preços acessíveis à população. Apesar da distância entre os números de produção, venda e faturamento em comparação à produção de montadoras de veículos tradicionais, a empresa se tornou a fabricante de automóveis norte-americana mais valiosa na visão de acionistas.

 
Pesquisador destaca papel da irrigação na sustentabilidade ambiental

Pesquisador destaca papel da irrigação na sustentabilidade ambiental

O pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Cerrados Lineu Rodrigues disse hoje (27) que a irrigação na agricultura é uma tecnologia fundamental para alcançar a sustentabilidade ambiental e na produção de alimentos. Segundo o pesquisador, o desafio é fazer com que os produtores se apropriem dessas tecnologias para aumentar a produtividade na lavoura.

Como exemplo, Rodrigues conta que, há 20 anos, quando a produção média do milho no país era de 2 toneladas por hectare, já havia áreas irrigadas produzindo em torno de 16 toneladas por hectare. Quando se produz mais na mesa unidade de área, evita-se a necessidade de abrir mais áreas, além de se garantir produção até 2,5 vezes maior.

 
Conceito de sustentabilidade na prática

Conceito de sustentabilidade na prática

Com as consequências do aquecimento global cada vez mais presentes em nosso dia a dia, as questões climáticas deixaram de estar relacionadas apenas ao meio ambiente e passaram a ser um grande desafio no âmbito da política e da economia mundial - além, é claro, de envolver toda a sociedade. Atentos a isso e em busca de manter o aumento da temperatura média mundial abaixo de 2°C, quase 200 países assinaram, em dezembro de 2015, o Acordo de Paris.

Entre os signatários, está o Brasil, sétimo maior emissor de gases de efeito estufa (GEEs) do planeta, que tem a meta de reduzir em 37% as suas emissões até 2025. De acordo com o levantamento “Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa (SEEG)”, realizado pelo Observatório do Clima (OC), o setor de Uso da Terra e da Floresta – representado, sobretudo, pelas queimadas e pelo desmatamento de biomas como a Amazônia e o Cerrado - emite 51% dos GEEs em nosso país.

 
Campus Sorocaba da UFSCar oferece MBA em Gestão Ambiental e Sustentabilidade

Campus Sorocaba da UFSCar oferece MBA em Gestão Ambiental e Sustentabilidade

O curso de especialização Master in Business Administration (MBA) em Gestão Ambiental e Sustentabilidade do Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com inscrições abertas para a formação de nova turma, com início neste primeiro semestre de 2018. O objetivo do MBA é compartilhar conhecimentos em gestão tendo como foco a sustentabilidade, uma vez que a demanda contemporânea por produtos e serviços que utilizam recursos naturais exige uma responsabilidade socioambiental cada vez maior das instituições públicas e privadas e dos profissionais que nelas atuam.

O curso oferece disciplinas com tópicos em Economia, certificação e licenciamento ambiental, planejamento ambiental participativo, gestão de recursos, gestão de projetos e negócios, dentre outros. O corpo docente é formado por professores da UFSCar que atuam na área de sustentabilidade, além de outros especialistas e profissionais com reconhecida competência no setor.

 
Sustentabilidade do alumínio diminui desemprego e incentiva a reciclagem

Sustentabilidade do alumínio diminui desemprego e incentiva a reciclagem

O alumínio é usado na maioria dos itens do dia a dia, está presente em janelas, equipamentos tecnológicos, na indústria metalúrgica, alimentar, farmacêutica, além de ser usado em outros objetos por ser uma material maleável e resistente a corrosão. Devido sua abundância na natureza, encontrado em rochas, argila, minerais, solo e granitos, o ser humano aproveita para usá-lo da melhor maneira para facilitar seu cotidiano. Além de ser fácil achar, esse material é um produto sustentável.

Há pouco anos, as Nações Unidas criaram um programa que incentiva empresas para que produzam materiais sustentáveis com baixa emissão de carbono, previnam perdas na biodiversidade e que suas linhas de produção fizessem o mesmo.

 
Quais os principais benefícios dos relatórios de sustentabilidade para as empresas?

Quais os principais benefícios dos relatórios de sustentabilidade para as empresas?

Um bom relatório de sustentabilidade, construído dentro de regras claras, como as do Global Reporting Iniciative (GRI), é um diferencial importante para a análise da posição da empresa em seu mercado, além de ser um fator de valorização de suas ações. É também um bom instrumento de prestação de contas à sociedade, mas é, principalmente, uma excelente ferramenta que reflete a reputação de uma organização.

A pesquisa Relate ou Explique para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2017, divulgada pela empresa B3, aponta que do total de 443 empresas listadas, 147, ou seja, 33%, responderam à pesquisa, das quais apenas 13% fazem o relatório usando os critérios ODS. O estudo faz parte dos esforços da B3 para estimular as empresas listadas a publicar relatórios de sustentabilidade ou integrado os conceitos ODS, um conjunto de 17 objetivos globais definidos em 2015 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 
App 'Mudamos' é democracia on-line, diz juiz autor da Lei da Ficha Limpa

App  Mudamos  é democracia on-line, diz juiz autor da Lei da Ficha Limpa

O juiz aposentado Márlon Reis, 47, é um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa, fruto de uma das maiores mobilizações para que uma proposta de iniciativa popular fosse aprovada pelo Congresso Nacional, em 2010.

Ao longo desse processo, ele identificou as dificuldades de aprovar um projeto desse tipo. "Não tem como demonstrar autenticidade, não dá para saber se aquela pessoa realmente corresponde à assinatura que está ali."
Para ampliar a participação popular, ele se juntou ao ITS (Instituto de Tecnologia e Sociedade), finalista do Prêmio Empreendedor Social, para desenvolver o aplicativo "Mudamos".

Na plataforma, cidadãos propõem projetos de lei para apreciação nas Casas Legislativas. E a autenticidade da assinatura pode ser verificada pela tecnologia "blockchain" –sistema capaz de criar banco de dados único, seguro e certificado.

"O aplicativo representa uma grande inovação e um chamado", afirma. "Foram mais de 500 mil pessoas que já fizeram o download."

 
3 tendências de marketing social que você verá em 2018

3 tendências de marketing social que você verá em 2018

Já conversamos sobre tendências de marketing em termos gerais a serem esperadas em 2018 e como o blogging continuará a ser tão importante como sempre no próximo ano. E, no entanto, sobre as mídias sociais? Algumas das técnicas mais populares começam a perder vapor? Que novas tendências tomarão o lugar das estratégias que não obtêm maiores resultados ultimamente?

Prever o futuro é difícil, mas podemos dar uma olhada no que já está se tornando popular e dar um bom palpite, caso acharmos que a tática continuará a ser popular em 2018. Então, o que esperamos que as tendências de marketing social sejam inovadoras e fortes para o próximo ano?

 
Endeavor lança campanha contra o excesso de burocracia no Brasil

Endeavor lança campanha contra o excesso de burocracia no Brasil

Com dois vídeos bem humorados, a Endeavor, organização de apoio ao empreendedorismo, acaba de lançar uma campanha contra o excesso de burocracia no Brasil.

O objetivo é mostrar a gravidade do problema e como ele atrapalha os empreendedores na geração de emprego e na produtividade do País.

Intitulada "Burocracia para tudo", a campanha quer pôr o assunto na pauta do poder público, "mobilizando a sociedade e pedindo pela simplificação dos processos de abertura, regularização e fechamento das empresas", afirma a diretora de relações institucionais da Endeavor, Marcela Zonis.

 
Os celulares em que o WhatsApp vai parar de funcionar em 2018

Os celulares em que o WhatsApp vai parar de funcionar em 2018

Consumidores que têm o hábito de manter celulares antigos devem ficar atentos a uma mudança no WhatsApp. A partir da próxima segunda-feira, isto é, o primeiro dia de 2018, o aplicativo deixará de funcionar em alguns smartphones.

Segundo o site do app, os sistemas que deixarão de ser compatíveis a partir da semana que vem são aqueles que operam nos sistemas BlackBerry OS 10 e no Windows Phone 8.0, da Microsoft.

Além disso, o WhatsApp vai deixar de funcionar no próximo ano nos dispositivos que rodam com sistema operacional Nokia S40.

 
Entenda por que a sustentabilidade chega com força na construção civil

Entenda por que a sustentabilidade chega com força na construção civil

Até 2030, a estimativa é que 10% da energia produzida no Brasil seja solar, aquela produzida através de placas fotovoltaicas. E a construção civil será fundamental nesse processo. Grande parte da energia limpa virá do alto de edifícios, dos telhados de casas, de prédios comerciais, de indústrias, shoppings e estacionamentos. Essas construções funcionarão como edificações-usinas, uma prática pra lá de sustentável.

De Norte a Sul do país, cada vez mais o compromisso com o meio ambiente ganha espaço na hora de começar uma obra. É o que se costuma chamar de projeto inteligente. Não necessariamente precisa ser algo sofisticado. Pode ser uma janela bem posicionada, que garanta maior entrada de luz e ventilação. É o edifício híbrido, com apartamentos residenciais e salas de coworking, reduzindo deslocamentos dos moradores. Ou até mesmo a reutilização de pneus no recobrimento asfáltico.

 
Sustentabilidade: um desafio real e estratégico

Sustentabilidade: um desafio real e estratégico

Que a importância de uma organização já não é mais medido apenas pelos seus bens e valor de mercado todo mundo sabe. O que nem todos sabem, no entanto, é que uma das principais formas de se investir na reputação, imagem e competências da empresa e de seus funcionários é através de programas de sustentabilidade nas organizações, uma vez que mobilizações positivas em causas ambientais, econômicas e sociais pode gerar infinitas vantagens competitivas para o negócio.

Entre os benefícios estão a melhoria na imagem para o consumidor, o aumento das vendas internas e externas, a redução de custos e riscos e um aumento da capacidade de inovação da empresa, bem como mais valorização no mercado de capitais, e antecipação à legislação evitando multas e sanções.

 
Construção sustentável

Construção sustentável

Atualmente, na indústria de construção civil, a demanda por métodos de construção sustentável e técnicas de construção verde está crescendo a um ritmo acelerado, como deveria. O atual momento é excelente para construir se você quiser não apenas uma função e durabilidade incríveis, mas também economias de energia e benefícios de longo prazo de seu imóvel. Mas o que realmente significa construção sustentável e o que esses imóveis podem oferecer?

 
Macron convoca ação contra mudança do clima e mobiliza novos esforços

Macron convoca ação contra mudança do clima e mobiliza novos esforços

No dia em que se comemoram dois anos do Acordo de Paris, uma série de novos compromissos foram assumidos por governantes, empresas e mercado financeiro para ajudar a frear o aquecimento global. O movimento ocorreu dentro de um chamado do presidente francês, Emmanuel Macron, que convocou o One Planet Summit, cúpula para reforçar os esforços de combate às mudanças climáticas que reuniu mais de 50 chefes de estado e de governo.

Um dos anúncios mais simbólicos foi do Banco Mundial, que se comprometeu a não mais financiar extração de gás e petróleo depois de 2019. A seguradora AXA disse que está suspendendo todo o desenvolvimento de novas obras de carvão e siderurgia e anunciou que vai quadruplicar seus investimentos verdes, chegando a 12 bilhões de euros até 2020.

 
Como o plástico está afetando nossos oceanos

Como o plástico está afetando nossos oceanos

A invenção do plástico no século 20 por Leo Baekeland nos tornou cada vez mais dependentes do seu uso, de tal forma que agora uma grande porcentagem de quase tudo que compramos contém plástico. No entanto, enquanto estamos contentes em usá-lo, estamos também menos aptos a reciclá-lo na velocidade necessária. Infelizmente, menos de 10% do plástico que produzimos é reciclado. Do resto, 50% segue para aterros sanitários e o restante não é contabilizado, e muito frequentemente segue seu caminho por riachos, rios e indo parar finalmente no mar, onde, devido à sua baixa taxa de decomposição, acaba se acumulando.

 
Tudo o que você pode reciclar no caminhão

Tudo o que você pode reciclar no caminhão

Os caminhões estão entre os veículos mais duráveis que você pode encontrar. Enquanto no caso dos veículos de passeio é comum que os motoristas os troquem a cada cinco ou seis anos, no caso dos caminhões é comum encontrar veículos com dez a quinze anos de idade rodando por aí. Porém, uma hora chega o momento de se despedir deles.

É nesse momento que entram em cena as empresas de reciclagem de caminhão. Elas também podem ser conhecidas como “desmanches”, mas a palavra acabou sendo associada a um estabelecimento ilegal, de forma que se evita a sua utilização. Há muitas empresas legalizadas aptas a desmontar o seu possante por completo e reaproveitar cada uma das partes da melhor maneira possível. Vamos conhecer um pouco mais sobre esse mundo.

 
Guia EXAME de sustentabilidade analisa empresas brasileiras

Guia EXAME de sustentabilidade analisa empresas brasileiras

O número de pessoas em situação de extrema pobreza caiu pela metade em todo o mundo neste século — bem como a proporção de subnutridos e a taxa de mortalidade de crianças com menos de 5?anos. Ainda assim, quase 1 bilhão de pessoas hoje vivem com uma renda de menos de 1 dólar por dia.

Na seara dos problemas ambientais, o ano de 2017 pode ser um dos mais quentes já registrados, considerando o histórico existente desde o século 19, de acordo com dados divulgados na abertura da COP23, cúpula do clima realizada entre os dias 6 e 10 de novembro na Alemanha. O mais amplo plano em escala global para mudar essa realidade está contido nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), lançado pela Organização das Nações Unidas em 2015. O documento é composto de 17 tópicos, desdobrados em 169 metas para 2030.

 
É possível empreender com sustentabilidade?

É possível empreender com sustentabilidade?

Diariamente todos somos responsáveis por algum impacto negativo ao meio ambiente, seja no ato de tomar banho ou nos deslocarmos por meio de um veículo automotivo. Com as empresas não seria diferente. Como a meta das organizações é o lucro, para atingir esse objetivo muitas vezes os produtos e serviços são programados para terem uma vida útil otimizada e para isso, algumas características são modificadas, o que consequentemente pode acarretar em impactos nocivos ao meio ambiente. Porém, a falta de preocupação com as ações sustentáveis pode levar a danos irreversíveis à imagem das empresas. Atualmente, empreender, em qualquer tipo e tamanho de negócio, significa dar atenção e preocupar-se com cada aspecto do meio ambiente, em todas as etapas da produção.

É preciso adequar as atividades da empresa ao conceito de desenvolvimento sustentável, de forma que seja alcançada uma licença social para empreender, ou seja, que a sociedade legitime o trabalho daquela empresa como sendo importante para a oferta de serviços e produtos de qualidade, mas que seja percebido que no processo de produção há o esforço da organização em evitar poluição e impactos ambientais negativos. Portanto, seja pela preocupação com a imagem ou pelas multas exorbitantes que pode gerar um desastre ambiental, empresas inteligentes devem se preocupar em manter a gestão ambiental em plena conformidade.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 2 de 91