.

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Mundo da Sustentabilidade
Carro elétrico dotado de painéis solares pode minimizar problema da recarga

Carro elétrico dotado de painéis solares pode minimizar problema da recarga

A questão da recarga costuma ser um dos principais empecilhos quando o assunto são os carros elétricos, uma vez que as estações destinadas a esse fim ainda são escassas e, quando estão disponíveis, demandam pelo menos meia hora para recarregar os veículos.

Ao pensar nisso, a companhia australiana EVX Ventures desenvolveu um carro elétrico alimentado por painéis solares, capazes de recarregar as baterias enquanto o condutor dirige. Batizado de "The Immortus", o veículo apresenta um visual futurista e espaço para duas pessoas. Sua autonomia permite dirigir por um dia inteiro sem a necessidade de parar para recarregar. Para tanto, o automóvel dispõe de apenas uma pequena bateria com capacidade de 10 kWh.

 
Cidades produzem até 10 bilhões de toneladas de lixo por ano

Cidades produzem até 10 bilhões de toneladas de lixo por ano

As zonas urbanas produzem, por ano, entre sete e 10 bilhões de toneladas de lixo, segundo um levantamento do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) divulgado nesta semana.

Além disso, 3 bilhões de habitantes do planeta não têm acesso a locais apropriados para descartar esse material. O Pnuma afirma que a situação já é um problema econômico, ambiental e de saúde pública. O estudo foi feito em parceria com a Associação Internacional dos Resíduos Sólidos.

 
Para conscientizar população, Paris não terá carros por um dia

Para conscientizar população, Paris não terá carros por um dia

Famosa por ser a "Cidade da Luz" e dos amantes, Paris também será no dia 27 de setembro a cidade dos pedestres, ciclistas e demais tipos de cidadãos não motorizados. É que nessa data será celebrado o evento Une Journée Sans Voiture (Um dia sem carro), iniciativa da prefeitura da capital francesa que busca conscientizar à população sobre a importância dos meios de locomoção alternativos aos carros.

Dessa forma, ao menos por um dia, parisienses e turistas que estão estressados por causa do trânsito da cidade, do barulho e da poluição que os automóveis provocam estarão mais aliviados.

 
Construções ecologicamente corretas

Construções ecologicamente corretas

Termos como “sustentabilidade”, “casa verde” ou “construções ecológicas” estão cada vez mais presente no vocabulário do brasileiro. Estes jargões, embora diferentes, significam uma única coisa: o emprego de materiais reciclados e sustentáveis e a construção de um sistema que não ofereça riscos ao meio ambiente, tirando o maior proveito do entorno para atender a questões fundamentais em residências sustentáveis como a economia de energia, recursos hídricos e o bem estar do habitante.

Só no ano de 2015 o mercado de construção civil teve um crescimento de 30% com novos projetos sustentáveis, apresentando um PIB de 8,3% no setor imobiliário em relação ao mesmo período do ano passado.

 
Conheça o plástico orgânico comestível desenvolvido por pesquisadores brasileiros

Conheça o plástico orgânico comestível desenvolvido por pesquisadores brasileiros

Depois de duas décadas de trabalho, os pesquisadores da Embrapa Instrumentação desenvolveram uma série de películas comestíveis que funcionam como plástico biodegradável e podem ser utilizadas no preparo de alimentos.

O processo de produção do “plástico comestível” é considerado simples. Primeiro, a matéria-prima, como frutas e verduras (espinafre, mamão, goiaba, tomate, entre outros) é transformada em uma pasta. Em seguida, os pesquisadores adicionam componentes para dar liga no material e o colocam em uma forma transparente, que é levada a uma câmara que emite raios ultravioleta. Após poucos minutos, a película sai da máquina pronta para ser consumida.

 
Programa da ONU para o Meio Ambiente lança novo portal no Brasil

Programa da ONU para o Meio Ambiente lança novo portal no Brasil

Modernidade, agilidade e facilidade. Essas são as principais novidades que o novo portal do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) traz para os internautas brasileiros. Com layout inovador, a nova página proporciona mais interatividade com o usuário, um novo espaço para multimídia, além de ferramentas que, entre outras coisas, aumentam o conteúdo informativo.

Mais leve e mais prático para o usuário, o portal oferece melhor usabilidade, aprimora funcionalidades, mecanismos de pesquisa, rapidez e está ainda mais seguro.

 
Como cuidar de nossa Casa Comum

Como cuidar de nossa Casa Comum

Hoje para cuidar da Terra como nos sugeriu detalhadamente o Papa Francisco em sua encíclica “Cuidado da Casa Comum” exige-se “uma conversão ecológica global”, “mudanças profundas nos estilos de vida, nos modelos de produção e de consumo, nas estruturas consolidadas de poder”(n.5). Esse propósito jamais será alcançado senão amarmos efetivamente a Terra como nossa Mãe e soubermos renunciar e até sofrer para garantir sua vitalidade para nós e para toda a comunidade de vida (n.223).

A Mãe Terra é a base que tudo sustenta e alimenta. Nós não podemos viver sem ela. A sistemática agressão que sofreu nos últimos séculos tiraram-lhe o equilíbrio necessário. Eventualmente, poderá continuar pelos séculos afora, mas sem nós.

 
Tesla lança 'serpente de metal' para carregar próximos modelos elétricos

Tesla lança  serpente de metal  para carregar próximos modelos elétricos

Os próximos modelos dos carros da Tesla virão acompanhados de um carregador especial para a bateria. Mas isso pode ser muito mais estranho do que qualquer um esperava. A empresa de Elon Musk mostrou recentemente o protótipo do robô - e ele é um pouco assustador.

Um vídeo (que você pode assistir ao final do post) mostra o carregador em ação. Ele tem a aparência de uma serpente de metal. O carregador é inteligente e é capaz de buscar e se encaixar sozinho no orifício de energia dos carros da Tesla.

 
Aquecimento climático continua a aumentar, mostra estudo

Aquecimento climático continua a aumentar, mostra estudo

Os objetivos de redução dos gases de efeito estufa, anunciados até agora em nível mundial, levariam a um aquecimento climático “bem superior a 2 graus”, limite fixado pela Organização das Nações Unidas (ONU), segundo estudo divulgado nesta quarta-feira, 2 de setembro, em Bonn (Alemanha).

O mundo continua em trajetória de subida de 2,9 a 3,1 graus até 2100, informa o Climate Action Tracker (CAT), organismo que integra quatro centros de investigação e que analisa as emissões e os compromissos dos países, no estudo divulgado paralelamente às negociações preparatórias à Conferência de Paris sobre o Clima.

 
Carro compacto movido a ar comprimido tem autonomia de 128 km e quase não polui

Carro compacto movido a ar comprimido tem autonomia de 128 km e quase não polui

O AirPod é um carro movido a ar comprimido arquitetado pela empresa de tecnologia MDI, de Luxemburgo, e pela companhia automotiva indiana Tata Motors. Ao contrário do que parece, o veículo não se movimenta por meio de um jato de ar que o impulsiona para frente, como em filmes de ficção.

Ao contar apenas com três rodas, ele utiliza motores pneumáticos que agem com o ar pressurizado para conduzir os pistões. Esses, por sua vez, dão mobilidade ao carro, que não possui um volante. A direção se dá por uma espécie de "joystick".

 
Nível do mar subiu em média 8 centímetros desde 1992, alerta Nasa

Nível do mar subiu em média 8 centímetros desde 1992, alerta Nasa

O nível do mar subiu, em média, quase 8 centímetros em todo o mundo desde 1992 devido ao aquecimento global, informou na quarta-feira, 26 de agosto, a Agência Especial Norte-Americana (Nasa), alertando que a tendência deverá manter-se nos próximos anos.

Um grupo de cientistas da agência apresentou os mais recentes dados sobre o aumento do nível da água do mar em todo o mundo – que foi, em média, 7,62 centímetros superior ao de 1992 –, apesar de o panorama variar em diferentes regiões. Em alguns casos, o nível chegou a superar os 22 centímetros.

 
Donos de carros elétricos e híbridos passam a pagar só metade do IPVA em São Paulo

Donos de carros elétricos e híbridos passam a pagar só metade do IPVA em São Paulo

Os proprietários de veículos híbridos (com um motor a combustão e outro elétrico) e elétricos de São Paulo passarão a ter desconto de 50% no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, segundo estabelece decreto de regulamentação assinado pelo prefeito Fernando Haddad na sexta-feira, 21 de agosto.

O IPVA é um imposto estadual pago anualmente pelo proprietário de todo e qualquer veículo automotor. A Prefeitura fica com metade do valor do imposto pago por veículos emplacados no município de São Paulo. Para estimular a utilização de carros não-poluentes, a administração devolverá ao contribuinte sua parte.

 
Bikes dobráveis – mobilidade com praticidade

Bikes dobráveis – mobilidade com praticidade

Utilizar a bicicleta como meio de deslocamento é uma ótima alternativa para escapar do transito caótico nas grandes cidades, além de proporcionar também a pratica de exercício físico enquanto se desloca de um local ao outro.

Existem diversos modelos da magrela, porém um vem se destacando por sua praticidade, eficiência e mobilidade, que são as bikes dobráveis. Fáceis de carregar, guardar e adequada para ambientes urbanos pois são praticas e bem leves, elas proporcionam ao ciclista carrega-las pelos meios de transporte convencionais como trem, Metrô, ônibus além de caberem até no porta malas de um carro pois dobradas em apenas 15, 20 ou 30 segundos elas ficam compactas, podendo ser carregadas facilmente e pesam entre 10 e 13 kg.

 
Bairro alemão que apostou na energia solar produz quatro vezes mais eletricidade do que consome

Bairro alemão que apostou na energia solar produz quatro vezes mais eletricidade do que consome

A energia solar registra crescimento em todo o mundo, principalmente em países que incentivam essa fonte renovável de geração energética que, além de limpa, ainda gera economia na conta de luz. Nesse sentido, a Alemanha, segundo maior produtor mundial (atrás apenas da China) é um grande exemplo.

Um bom modelo a ser seguido é o do vilarejo conhecido como Schlierberg, em Freiburg. As 59 residências que compõem o bairro de aproximadamente 11.000 m² (há ainda um edifício comercial, chamado de Sun Ship – Navio Solar) são feitas de madeira. As casas têm aquecimento solar, instalações fotovoltaicas nos telhados e utilizam a luminosidade natural. Tecnologias avançadas como o isolamento a vácuo aumentam o desempenho térmico do sistema de construção. Outro processo utilizado é o de ventilação ativa com recuperação de calor.

 
A torneira do futuro economiza até 15% de água com incríveis jatos geométricos

A torneira do futuro economiza até 15% de água com incríveis jatos geométricos

Em tempos de escassez de água em boa parte do mundo, empreendedores são desafiados a criar soluções capazes de ao menos minimizar o problema.

Esse é o caso de Simin Qiu, estudante da conceituada escola de artes Royal College of Art de Londres, que projetou uma torneira que economiza até 15% de água e que faz isso através de jatos de água em formas geométricas e espiraladas.

O efeito que, além de belo, economiza água, ocorre devido ao interior da invenção, que é construída com turbinas duplas e bicos que formam os desenhos e ainda possui limitadores que diminuem a vazão, apenas fornecendo a quantidade certa e necessária de água.

 
Estrada que carrega carros elétricos está em teste no Reino Unido

Estrada que carrega carros elétricos está em teste no Reino Unido

Enquanto o Brasil possui atualmente apenas cerca de três mil veículos elétricos em circulação (0,04% da frota mundial), segundo dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), esses automóveis menos poluentes são cada vez mais comuns em países como Japão, Estados Unidos e Reino Unido.

O problema é que recarregar as baterias dos carros elétricos ainda é um problema, primeiro porque as estações de recarga muitas vezes estão muito distantes umas das outras e, além disso, esses veículos demandam algum tempo para serem recarregados.

 
UFRJ inaugura estacionamento que vai gerar energia solar

UFRJ inaugura estacionamento que vai gerar energia solar

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) inaugurou na terça-feira, 18 de agosto, na Cidade Universitária, na Ilha do Fundão, um estacionamento que vai gerar energia solar a ser distribuída para todo o campus, proporcionando uma economia de R$ 40 mil por ano na conta de luz da instituição.

A iniciativa é do Fundo Verde de Desenvolvimento e Energia para a Cidade Universitária da UFRJ, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, criado por decreto governamental em 2012. É uma parceria entre o governo fluminense, a distribuidora Light e a universidade para financiar projetos de desenvolvimento sustentável no campus universitário. Os projetos financiáveis são aprovados pelo Conselho do Fundo Verde e passam por licitação pública.

 
Google lança ferramenta para ajudar consumidores a calcular potencial de energia solar

Google lança ferramenta para ajudar consumidores a calcular potencial de energia solar

Um número crescente de pessoas recorrem à internet para obter informações sobre potenciais economias que poderiam fazer ao optar pela energia solar. De olho nessa demanda, o Google lançou na segunda-feira, 17 de agosto, seu mais recente empreendimento no mundo das fontes renováveis: o Project Sunroof.

Trata-se de uma ferramenta online que ajuda proprietários a calcular o potencial de captação de energia solar dos seus telhados e decidir se vale a pena instalar um sistema fotovoltaico em casa.

 
Dinamarca quer ser o primeiro país a ter lei para agricultura 100% orgânica

Dinamarca quer ser o primeiro país a ter lei para agricultura 100% orgânica

A Dinamarca já é o país com maior desenvolvimento e amplitude do comércio de produtos orgânicos, mas se engana quem pensa que vai contentar-se com essa marca. O governo dinamarquês pretende agora adotar uma agricultura totalmente sustentável por meio da transformação de toda sua produção em orgânica.

A meta é duplicar a quantidade atual de terra cultivada organicamente até 2020. Só até o final de 2015 serão investidos mais de 53 milhões de euros para ampliar esse tipo de agricultura sustentável, que dispensa a utilização de agrotóxicos.

 
Cresce número de empresas que divulgam emissões de gases do efeito estufa

Cresce número de empresas que divulgam emissões de gases do efeito estufa

O Programa Brasileiro GHG Protocol, maior iniciativa da América do Sul para publicação de inventários corporativos de gases de efeito estufa (GEE), realizou no dia 11 de agosto, no Teatro Vivo, em São Paulo (SP), a sétima edição de seu evento anual. Na ocasião, foram publicados 313 inventários – sendo 133 de organizações membros da iniciativa.

Coordenada pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da EAESP-FGV, a iniciativa tem como objetivo a difusão da cultura de realização de inventários de GEE entre organizações brasileiras e, desde sua criação em 2008, possui em seu Registro Público de Emissões mais de 1.100 inventários de GEE disponíveis para consulta.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 6 de 89