Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Iniciativas de sustentabilidade inovam processos e conquistam Prêmio ECO 2019

No Brasil, o interesse de empresas por práticas socioambientais em seu plano estratégico é uma tendência crescente. Em 2018, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (IES), uma pesquisa desenvolvida pela B3 em parceria com o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces), mostrou que 98% das companhias em atividade no país procuram incorporar aspectos sustentáveis nas metas de desempenho de seus empregados (Em 2017, o índice era de 95% ).

Sabendo da importância em reduzir os impactos das atividades da empresa no meio ambiente e colaborar com o desenvolvimento social das comunidades nas quais está presente, a Bayer desenvolve projetos e soluções, visando garantir às futuras gerações o mesmo acesso aos recursos básicos que temos na atualidade. Os investimentos da multinacional em processos mais eficazes e eficientes para atingir altos patamares de excelência em sustentabilidade incluem iniciativas para descarte e obsolescência de sementes, Inclusão & Diversidade e reaproveitamento hídrico por captação de água da chuva. Os programas foram reconhecidos pelo Prêmio ECO 2019 e implementados em diferentes regiões nas quais a Bayer concentra suas operações.

Segundo a líder de Sustentabilidade e Engajamento com a Comunidade da Bayer para América do Sul, Danielly Martin Crocco, “A iniciativa privada deve estar na vanguarda do tema, investir em sustentabilidade precisa ser uma realidade e uma prioridade, e é exatamente o que fazemos aqui na Bayer”, afirma.

Internamente, a Bayer investe, desde 2017, em um novo modelo de gestão para otimização do uso e redução do descarte das sementes. Atualmente, o plano de controle visa monitorar mais de 700 mil sacos de milho em risco de obsolescência por excesso de oferta. Com a finalidade de contornar o desperdício e produção de lixo, a solução promove uma gestão coletiva para garantir um consumo eficiente do inventário de sementes da empresa. Em 2018, a alternativa de gerenciamento viabilizou o aumento de 75% no aproveitamento dos grãos.

Outro compromisso mundial da companhia é o incentivo ao diálogo e respeito às diferenças, englobando raças, gênero, orientação sexual e deficiências.  “Acreditamos que um ambiente diverso é propício para a inovação e engajamento com os nossos colaboradores”, pontua a líder. A empresa se tornou referência ao assumir a defesa da inclusão e liberdade de expressão dentro e fora do ambiente coorporativo, com diferentes eventos e grupos para apoiar a diversidade.

Em relação às iniciativas implantadas em regiões nas quais a Bayer está inserida, o reaproveitamento hídrico por captação de água da chuva é o grande destaque para a companhia. Por 70% da água potável disponível no mundo ser utilizada para irrigação na agricultura, segundo a ONU, a Bayer desenvolve uma série de projetos para minimizar o impacto das suas ações da no meio ambiente.

Para isso, a empresa desenvolveu sistemas de reaproveitamento de água de chuva nos municípios de Camaçari (BA) e Uberlândia (MG). Em ambos os casos, a iniciativa trouxe resultados expressivos para a companhia. No município baiano, o projeto impactou na recuperação de mais de 600 milhões de litros de água, suficiente para abastecer a região por mais de um mês, considerando o uso diário recomendado pela ONU (110 L por pessoa).

Em Uberlândia, a coleta de água da chuva proporciou a unidade da empresa suprir 79% da demanda local via reaproveitamento do recurso. Para Danielly, os resultados positivos são um grande incentivo para a companhia continuar investindo em projetos de sustentabilidade. “Promover ações que incentivem os colaboradores da Bayer e as comunidades nas quais estamos presentes a adotarem boas práticas junto a empresa é fundamental para atingirmos o nosso objetivo de garantir sustentabilidade para futuras gerações”, completa.

Reconhecimento

Pelo segundo ano consecutivo, a Bayer recebe o Prêmio ECO em três projetos. As iniciativas vencedoras contemplam soluções de descarte e obsolescência de sementes, reaproveitamento hídrico por captação de água da chuva e Inclusão & Diversidade. A premiação reconhece, anualmente, as empresas que adotam as melhores práticas socialmente responsáveis no Brasil.

Fonte:

Dino
Exame
27/02/2019