.

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Startup aposta nos 'bike negócios' e cria cadastro nacional para bicicletas

Ao contrário dos automóveis – que podem ser identificados pelo Renavan ou placas, por exemplo – as bicicletas ainda não tinham um sistema de controle e rastreamento. Ao perceberem o problema do grande volume de roubo de bicicletas, quatro colegas de trabalho de Brasília resolveram largar os empregos que tinham para criar a Bike Registrada, uma startup voltada para um cadastro nacional das 'magrelas'.

De acordo com informações da Agência Sebrae de Notícias, o cadastro é gratuito e pode ser acessado pelo site ou aplicativo de celular. O dono registra a bicicleta pelo número que fica gravado abaixo do quadro da bike. Startup é um modelo de negócio que está se fortalecendo no Brasil. Geralmente são empresas pequenas, ligadas à área de tecnologia, com grande potencial de crescimento, sem precisar aumentar a quantidade de funcionários.

O capital inicial para montar o negócio foi de R$ 150 mil e veio de um investidor-anjo. O Sebrae ajudou na formatação do negócio e desenvolvimento do produto. Hoje, a startup tem um quinto sócio e pode ganhar um sexto, ligado à área de comunicação. Em dois anos, 60 mil bicicletas foram registradas na plataforma. E, como o Brasil tem uma frota estimada de 70 milhões de bikes, a startup tem tudo pra crescer.

Atualmente, os empresários têm parcerias com 106 lojas de todo Brasil. A meta é chegar a 160 até o final de 2016 e aumentar a base de dados até 2017 para um milhão de usuários.

A história bem-sucedida da empresária Marta foi mostrada no Pequenas Empresas Grandes Negócios do último domingo, 21 de fevereiro, na TV Globo. O programa será reapresentado no Canal Futura nesta segunda-feira (22), às 16h30, na terça-feira (23), às 5h, e no dia 27, sábado, às 15h.

Fonte:

Redação
EcoD
22/02/2016