.

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Publicitários criam jogos ambientais para crianças em situação de risco

O casal de publicitários Eduardo Melo e Luma Pinto, como parte do projeto de voluntariado itinerante Bem Trilhado, chegou à cidade de Cusco, no Peru. Lá, visitaram a Qosqo Maki, uma instituição que realiza atividades com crianças e adolescentes em situação de rua.

Em uma conversa rápida, ficaram sabendo de um projeto educacional de energia renovável/sustentabilidade e de que era preciso criar dinâmicas para difundir o tema se aproximando-as ao universo dos adolescentes.

A partir daí, os viajantes decidiram apoiar voluntariamente por meio da criação do jogo intitulado “Sobrevivência Ambiental” – inspirado na dinâmica do “Super Trunfo”.

A ideia é possibilitar um contato com o assunto de maneira leve e descontraída. Cartas com pontuação ruim levam nomes de efeitos negativos ocasionados pela ação humana, como poluição, desperdício ou desmatamento. “Queremos que eles detestem sair com essas cartas e, assim, guardem um registro negativo desses atentados ambientais” , brinca Eduardo.

Para Luma, não existe maneira melhor de aprender do que brincando. “Cada carta leva pontuações específicas, além de um pequeno texto explicativo para que possam ir se familiarizando. Acreditamos que com o tempo dominem o tema.”

Para complementar, criaram também um jogo de tabuleiro onde as atitudes ambientais positivas fazem o competidor avançar casas adicionais, enquanto crimes ambientais os fazem retornar. Os protótipos dos jogos já estão em fase de testes na biblioteca da instituição.

A própria instituição já implementou algumas medidas de energia limpa, como a instalação de painéis solares – ainda em andamento.

Os criativos seguem viagem para a Bolívia e todo o percurso do projeto pode ser acompanhado através da fanpage oficial.

Acesse o projeto Bem Trilhado.

Fonte:

Redação
EcoD
05/02/2016