Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

.

.

Joalheria CasaCor marca estreia de escritório de arquitetura italiano no Brasil

Pela primeira vez um escritório de arquitetura italiano participa da CasaCor, em São Paulo. Com sede na Sardenha, o Cossu&Tedesco, pilotado pelos arquitetos Lilian Tedesco e Pier Paolo Cossu, assina a Joalheria CasaCor . O projeto partiu da premissa de que as pessoas devem se emocionar em um local onde contemplam um objeto tão especial como uma joia. O resultado é a releitura dos elementos clássicos como o ouro e a prata, que são a matéria-prima principal das joias, representados no ambiente em chave moderna.

Emocionante, estimulante e luxuosa, mas calcada nos preceitos da sustentabilidade. Essa é a joalheria do casal italiano, que consegue mostrar que um ambiente pode ser “rico” mesmo com o uso de materiais relativamente simples e alternativos. O grande destaque fica por conta dos mosaicos de madeira Teca, com pintura dourada, que emolduram os dois expositores laterais das jóias, lançamento da Pietra Revestimentos e Ibirá Mosaicos. A escolha não poderia ser melhor: o produto é resultado de uma ação social, onde cerca de 20 detentas do Presídio Talavera Bruce (RJ) produzem as peças para ter a pena diminuída, além de serem remuneradas mensalmente. As madeiras utilizadas são de reflorestamento ou sobras de retalhos da indústria moveleira.

Já os lustres, assinados por Marcia Perasso, são confeccionados por círculos de madrepérolas de cultivo, amarrados com ráfia, trabalho executado por pessoas da comunidade de Paraisópolis, em São Paulo. A iluminação econômica das vitrines do ambiente foi projetada visando a sustentabilidade utilizando o sistema de LEDS, da Simplyled. O piso também reluz, graças à execução encomendada pelo escritório à Flowcrete, que adicionou glitter dourado ao monolítico em resina epóxi, que também é  autonivelante e de alta resistência, como pede o ambiente. Mais brilho! Se destacam ainda as pastilhas de ouro branco e amarelo 24k da empresa italiana Bisazza, fornecidas pela Texthura y Cor, que revestem os quatro totens expositores. São da mesma empresa as pastilhas de madrepérola que cobrem a mesa de trabalho do ambiente. As cadeiras italianas “Queen”, em policarbonato,  são da Brentwood.

Dois painéis “Jumbo” de vidro temperado, fornecidos pela Rodrigues Mano, separam o espaço “loja” do espaço “operacional”. Sobre eles, foram colocados espelhos com moldura revestida em folha de prata, da Fast Frame. O acesso a essa parte se dá por cortinas executadas pela Arte Markante, com tecido “Trevira” anti-chamas da Wallpaper e veludo prata da Donatelli. Todos os moveis foram projetados pelos arquitetos e executados pela Marcenaria Embaúba, com acabamento em laca brilhante, nas cores branca e preta e ferragens em latão polido e envernizado. A mesma marcenaria foi responsável pela primorosa composiçao dos paineis expositores feitos com o mosaico de madeira Teca dourada. O toque final fica por conta das esculturas dourada e prateada de Mario Sergio Lopomo, da Galeria Verbo.



Cossu & Tedesco Arquitetura

Lilian Tedesco e Pier Paolo Cossu
Fones: (55 11) 5052-6652 / 8226-8486 (Brasil)
(00 39) 079-200-8082 / 335-142-1774 (Itália)
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. / Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. / Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Site: www.cossuetedesco.com



Informações para Imprensa:

Fernanda Magalhães
Tuca Aguirre – OFICINA DE NOTÍCIAS
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Fones: + 55 (11) 3846-2497 / 9789-9172