Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

Recicle!

.

.

Projeto promove troca de lixo reciclável por frutas, verduras e legumes em Amparo

Projeto promove troca de lixo reciclável por frutas, verduras e legumes em Amparo

Trocar materiais recicláveis por frutas, verduras e legumes. Essa iniciativa é feita por um projeto que promove ações de solidariedade e de apoio ao meio ambiente em Amparo (SP). Com o "Viva Verde", a população da cidade pode trocar 3kg de lixos recicláveis por 2kg de alimentos.

Uma kombi chega nos bairros com os alimentos e os moradores depositam o lixo que pode ser reciclado em um caminhão. Qualquer morador pode participar do projeto, basta se cadastrar.

"Hoje, eu trouxe 13kg. Tinha bastante em casa e o que eu vou pegar eu vou doar para o orfanato da cidade, que precisa de doação", conta a funcionária pública Renata Reale, participante do projeto.

 
Ameaçada de extinção por fungo, a banana pode sumir do planeta

Ameaçada de extinção por fungo, a banana pode sumir do planeta

Parece fake news, mas procede: a banana pode acabar. Ameaçada de extinção, a banana pode se tornar o dinossauro, o pássaro dodô das frutas. Inimaginável, sem dúvida. Mas é isso o que a ecologista Jackie Turner pretende alertar no documentário Bananageddon, ainda em gestação e para o português traduzível por Bananapocalipse. Ms. Turner foi estudar ictiologia na Costa Rica, encantou-se de cara com a história e a cultura da banana e tirou os peixes de seu currículo, investindo quatro anos na fruta mais famosa e consumida do mundo. Plantada em 130 países, é o alimento mais cultivado pelo homem depois do arroz, o trigo e o milho, apesar de só vingar em climas tropicais.

Culpa do fusário, fungo fatal que na década de 1950 infectou rapidamente plantações inteiras, provocando um colapso global no comércio bananeiro. E da monocultura. Existem muitas variedades de bananas, mas as companhias que a comercializavam investiram numa só espécie.

 
Recarga de veículos elétricos foi regulamentada

Recarga de veículos elétricos foi regulamentada

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou no dia 19 de junho uma regulamentação mínima sobre a recarga de veículos elétricos por interessados na prestação desse serviço (distribuidoras, postos de combustíveis, shopping centers, empreendedores, etc.).

O objetivo da agência é reduzir a incerteza aos que desejam investir em pontos de recarga dos veículos elétricos.

Embora o mercado de carros elétricos no Brasil ainda seja inexpressivo, segundo a agência a expectativa é que a propulsão elétrica alcance posição relevante no País nos próximos dez anos.

 
Sustentabilidade: pequenas atitudes para salvar o planeta

Sustentabilidade: pequenas atitudes para salvar o planeta

Uma das palavras que você mais vai ouvir este ano no Colégio Sidarta é “sustentabilidade”. Sabe por quê? Estamos cada vez mais comprometidos em colaborar com ideias, bolar estratégias e agir de maneira ecologicamente correta, economicamente viável e socialmente justa para garantir um futuro melhor para as crianças. Nossas ações, nesse sentido, não começaram agora, mas estão se intensificando.

Por exemplo: você sabia que, desde 2009, estamos trabalhando para diminuir o consumo de copos plástico descartáveis? A ação começou com os alunos, com incentivo para o uso de squeezes e a troca dos copos de plástico dos bebedouros pelos copos de papel reciclado. Depois, foi a vez dos professores, que ganharam, em 2015, canecas de porcelana para serem usadas na escola. Hoje, nem os copos de papel estão mais lá, pois todos têm sua garrafinha ou sua caneca.

 
Critérios de sustentabilidade da ONU Meio Ambiente orientam compra pública no Rio Grande do Sul

Critérios de sustentabilidade da ONU Meio Ambiente orientam compra pública no Rio Grande do Sul

A Advocacia-Geral da União (AGU) do Rio Grande do Sul realizou recentemente sua primeira aquisição de papel utilizando os critérios de sustentabilidade do projeto Compras Públicas Sustentáveis e Rotulagem Ambiental (SPPEL, na sigla em inglês), uma iniciativa da ONU Meio Ambiente. É a primeira vez no Brasil em que as orientações das Nações Unidas foram utilizadas.

O edital, além de especificar as características do produto, também olhou para sua cadeia de valor, considerando o processo de produção, o manejo florestal da matéria-prima e as condições de trabalho dos funcionários.

 
Conheça o carro 100% elétrico para fugir dos postos e vendido a preço ‘popular’

Conheça o carro 100% elétrico para fugir dos postos e vendido a preço ‘popular’

Com a greve dos caminhoneiros, os donos de carros movidos a GNV e a eletricidade não tiveram de se preocupar com o desabastecimento de etanol e gasolina nos postos de combustíveis. Mas enquanto a instalação do kit com gás natural é algo teoricamente acessível ao consumidor, ter um carro que recarrega na tomada ainda é uma realidade distante para a maioria esmagadora da população.

Na verdade, puramente elétrico só temos dois modelos comercializados no varejo. Um é BMW i3, que era vendido por R$ 170 mil até o início de 2017 e que retornará em junho numa versão atualizada por cerca de R$ 200 mil. E dá para contar nos dedos quantos vezes nos deparamos com uma unidade nas ruas.

O outro ainda é desconhecido no grande mercado, mas tem o preço como um dos atributos: parte de R$ 54.890 (2 lugares ) e R$ 57.890 (4 lugares), faixa de muitos carros compactos. Ou seja, é quase uma opção ‘popular’ comparado ao i3.

 
ONU Meio Ambiente e parceiros miram a poluição nos rios para reduzir o lixo marinho

ONU Meio Ambiente e parceiros miram a poluição nos rios para reduzir o lixo marinho

Agência das Nações Unidas promoveu na sexta-feira (8) duas iniciativas no Brasil para combater a poluição dos oceanos por plástico. No Amazonas, terá início o projeto “Rios Limpos para Mares Limpos”. Em Santa Catarina, os 11 municípios às margens do Rio Itajaí vão aderir à campanha Mares Limpos da ONU Meio Ambiente.

Cerca de 80% da poluição marinha é originada em terra. Esgotos, pesticidas, metais pesados e outros poluentes são conduzidos por cursos de água doce até o litoral e causam danos à saúde das pessoas e ecossistemas. Quando se fala em lixo plástico, especificamente, 13 milhões de toneladas chegam até os oceanos a cada ano, grande parte proveniente dos rios, que transportam o lixo das cidades e do campo até a praia.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 2 de 260