.

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

Recicle!

.

.

Tecnologia ajuda na sustentabilidade, diz pesquisador
Pesquisador do MIT, o norte-americano Eric Baczuk falou no TEDx Laçador, ciclo de palestras que ocorre hoje na ESPM, em Porto Alegre, sobre como a tecnologia pode colaborar com a sustentabilidade das cidades. Hoje, com câmeras, microfones e monitoramento por satélite, as cidades são vistas com um grau de detalhamento que nunca vimos antes, aponta Baczuk. O desafio agora é usar esse conhecimento para conhecer melhor as cidades e depois desenvolver ações para melhorá-las.
Baczuk fez um apanhado de novas tecnologias usadas em diversas cidades do mundo, como Zaragoza, na Espanha, e Seattle, nos Estados Unidos, que são empregadas para monitorar e estudar como as pessoas descartam o lixo ou utilizam a água fornecida pelos sistema público de abastecimento.
O cientista também trabalha em um projeto na cidade do Rio de Janeiro para melhorar o sistema de abastecimento de água à população. Em seu trabalho, sensores são colocados na água do rio Paraíba do Sul, que abastece grande parte da cidade, e na baía de Guanabara para monitorar os níveis de poluição. A ideia é usar gráficos tridimensionais gerados por programas de computação de gráfica para mostrar o volume da poluição e ajudar a conscientizar as pessoas da importância de conservar a limpeza dos mananciais de água.
Fonte:
Jaime Silva
Zero Hora
09/04/2011

Tecnologia ajuda na sustentabilidade, diz pesquisador


Pesquisador do MIT, o norte-americano Eric Baczuk falou no TEDx Laçador, ciclo de palestras que ocorre hoje na ESPM, em Porto Alegre, sobre como a tecnologia pode colaborar com a sustentabilidade das cidades.

 
Lançada série de episódios para a TV com temas da Agenda 21

Lançada série de episódios para a TV com temas da Agenda 21

Foi lançada nesta sexta-feira no Sesc Pompeia, em São Paulo, a série "Somos 1 só", realizada pelo Sesc TV e pela TV Cultura, que discute o tema sustentabilidade em oito episódios produzidos para televisão. Orçada em R$ 1.600,00, ela será exibida pela TV Cultura entre 15 de abril e 3 de junho, sempre as sextas-feiras, as 20h. Os temas foram escolhidos a partir da Agenda 21, apresentada na Rio-92 (ou Eco-92) como uma tentativa de promover um novo padrão de desenvolvimento mundial.

 
Publicidade se alia à sustentabilidade

Publicidade se alia à sustentabilidade

A propaganda brasileira deu um importante passo para promover a produção de publicidade responsável e o consumo sustentável. Foi anunciado nesta quinta-feira (31) durante reunião da executiva nacional da Abap (Associação Brasileira de Agências de Publicidade) o lançamento dos “Indicadores de Sustentabilidade da Propaganda Brasileira”.  O encontro está sendo realizado em Imbassai, na Bahia, e abriu o evento “Nordeste. A bola da vez”, que vai reunir até domingo empresários de comunicação de todo o país.

 
Sustentabilidade e descarte do e-lixo já impactam investimentos em TI

Sustentabilidade e descarte do e-lixo já impactam investimentos em TI

Iniciativas para reduzir o impacto ambiental e o descarte do lixo tecnológico preocupam cada vez mais as empresas. Nos últimos 24 meses, a adesão à TI verde cresceu 500%, segundo Estudo de Tendências de Investimento em TI 2011 do Instituto Sem Fronteiras (ISF).

A organização colheu informações de 1.140 empresas, entre outubro de 2010 e fevereiro de 2011, para identificar a tendência dos investimentos em informática em 2011. E constatou que ações para a redução do impacto ambiental passaram a fazer parte da política de governança de muitas delas. A decisão por inciativas sustentáveis está vindo da alta cúpula da empresa e não mais de departamentos isolados.

 
Estrangeiros esperam que Brasil crie soluções sustentáveis

Estrangeiros esperam que Brasil crie soluções sustentáveis

Marcado pelas presenças do ator Arnold Schwarzenegger, do cineasta James Cameron e do ex-presidente americano Bill Clinton, o 2º Fórum Mundial de Sustentabilidade mostrou que o Brasil está ganhando importância no cenário global não só pelo crescimento da economia, mas também pelo potencial de fornecer soluções para um mundo mais sustentável. "Não tenho ideia de como construir uma sociedade sustentável sem o Brasil apontar o caminho", disse Clinton na noite do sábado, último dia do evento realizado em Manaus.

 
Em Manaus, Bill Clinton se diz contra hidrelétricas na Amazônia

Em Manaus, Bill Clinton se diz contra hidrelétricas na Amazônia

O ex-presidente Bill Clinton afirmou em Manaus que o Brasil tem que refletir sobre os impactos da construção de grandes hidrelétricas na Amazônia. "Não tenho paciência para pessoas que criticam e não dão alternativas", disse Clinton durante palestra no Fórum de Sustentabilidade de Manaus, nesse sábado (26).

 
Os custos econômicos e sociais do desperdício

Os custos econômicos e sociais do desperdício

Quando a colônia brasileira começou a ser ocupada em 1500, e os europeus começaram a fundar cidades, pequenas fontes de água bastavam para abastecer uns poucos cidadãos e animais. Ficar perto de grandes rios não era parte dos planos de José de Anchieta e Manoel da Nóbrega. O Colégio dos Jesuí-tas fincou pé num outeiro, lugar apropriado para se defender dos possíveis ataques de índios, mas com muito pouca água. Contudo, dessa vila nasceu São Paulo, metrópole de quase 20 milhões de habitantes que precisam de cerca de 80 litros de água tratada por pessoa, ao dia, para suas necessidades domésticas. Um volume que já não consegue mais ser atendido pelos mananciais próximos, que, pelos critérios da ONU, têm sete vezes menos a capacidade necessária à população que atendem. É preciso ir buscar o líquido cada vez mais longe e tratar águas cada vez mais poluídas, a fim de torná-las próprias para o consumo.

 
<< Início < Anterior 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 Próximo > Fim >>

Página 245 de 254