.

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

Recicle!

.

.

Guia EXAME de sustentabilidade analisa empresas brasileiras

Guia EXAME de sustentabilidade analisa empresas brasileiras

O número de pessoas em situação de extrema pobreza caiu pela metade em todo o mundo neste século — bem como a proporção de subnutridos e a taxa de mortalidade de crianças com menos de 5?anos. Ainda assim, quase 1 bilhão de pessoas hoje vivem com uma renda de menos de 1 dólar por dia.

Na seara dos problemas ambientais, o ano de 2017 pode ser um dos mais quentes já registrados, considerando o histórico existente desde o século 19, de acordo com dados divulgados na abertura da COP23, cúpula do clima realizada entre os dias 6 e 10 de novembro na Alemanha. O mais amplo plano em escala global para mudar essa realidade está contido nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), lançado pela Organização das Nações Unidas em 2015. O documento é composto de 17 tópicos, desdobrados em 169 metas para 2030.

 
É possível empreender com sustentabilidade?

É possível empreender com sustentabilidade?

Diariamente todos somos responsáveis por algum impacto negativo ao meio ambiente, seja no ato de tomar banho ou nos deslocarmos por meio de um veículo automotivo. Com as empresas não seria diferente. Como a meta das organizações é o lucro, para atingir esse objetivo muitas vezes os produtos e serviços são programados para terem uma vida útil otimizada e para isso, algumas características são modificadas, o que consequentemente pode acarretar em impactos nocivos ao meio ambiente. Porém, a falta de preocupação com as ações sustentáveis pode levar a danos irreversíveis à imagem das empresas. Atualmente, empreender, em qualquer tipo e tamanho de negócio, significa dar atenção e preocupar-se com cada aspecto do meio ambiente, em todas as etapas da produção.

É preciso adequar as atividades da empresa ao conceito de desenvolvimento sustentável, de forma que seja alcançada uma licença social para empreender, ou seja, que a sociedade legitime o trabalho daquela empresa como sendo importante para a oferta de serviços e produtos de qualidade, mas que seja percebido que no processo de produção há o esforço da organização em evitar poluição e impactos ambientais negativos. Portanto, seja pela preocupação com a imagem ou pelas multas exorbitantes que pode gerar um desastre ambiental, empresas inteligentes devem se preocupar em manter a gestão ambiental em plena conformidade.

 
Sustentabilidade: o caminho necessário da inovação

Sustentabilidade: o caminho necessário da inovação

Um dos assuntos mais relevantes quando se fala em desenvolvimento é sustentabilidade. Cada vez mais as empresas têm adotado medidas que diminuam os impactos ambientais, atitude que, aliás, já deixou de ser escolha e é praticamente dever, não só das empresas, mas de todos nós. As organizações que desejam obter sucesso e mostrar valor a seus clientes aderem a medidas de preservação do meio ambiente, que vem sendo cada vez mais degradado, devido a anos e anos de ação do homem sobre a natureza.

De acordo com Peter Bakker, presidente do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD, na sigla em inglês), que recentemente esteve no Brasil em visita a representantes nacionais do grupo, o modelo atual de negócios não pode continuar se as empresas desejam realmente se tornar sustentáveis. Na opinião do líder, o já passou da hora dessa consciência bater à porta de todos.

 
ONU procura jovens líderes para impulsionar implementação de objetivos globais

ONU procura jovens líderes para impulsionar implementação de objetivos globais

A ONU recebe até 3 de novembro inscrições para a segunda turma do programa Jovens Líderes para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que visa pessoas engajadas nos esforços de erradicação da pobreza, combate às mudanças climáticas e redução das desigualdades. Podem se inscrever jovens líderes do mundo todo que tenham entre 18 e 30 anos.

As Nações Unidas anunciaram no sábado (7) a abertura das inscrições para a segunda turma do programa Jovens Líderes para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que visa pessoas engajadas nos esforços de erradicação da pobreza, combate às mudanças climáticas e redução das desigualdades.

 
A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

Em setembro de 2015, os 193 Estados-membros da ONU se reuniram em Nova York e reconheceram que a erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões, incluindo a pobreza extrema, é o maior desafio global e um requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável. Os países se comprometeram a tomar medidas ousadas e transformadoras para pôr o mundo em um caminho sustentável e robusto - sem deixar ninguém para trás. Adotaram, portanto, uma nova agenda global de desenvolvimento: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

A Agenda 2030 é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal com mais liberdade. O plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS, e 169 metas, para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos, dentro dos limites do planeta. Este é um plano para os governos, a sociedade, as empresas, a academia e para você.

 
Novo iceberg se desprende de geleira na Antártica

Novo iceberg se desprende de geleira na Antártica

Um novo iceberg se desprendeu da geleira de Pine Island, na Antártica, no último sábado. Segundo o Centro Nacional do Gelo dos Estados Unidos (NIC, na sigla em inglês), o bloco de gelo tem 185 quilômetros quadrados, quase quatro vezes a área de Manhattan.

O iceberg está atualmente no Mar de Amundsen, mas deve se mover na direção da Baía de Pine Island depois de alguns meses. O bloco mostra sinais de fraturas, o que significa que pedaços de gelo menores podem se soltar. Segundo o NIC, não há riscos para as embarcações que navegam pela região.

 
Parque solar Ituverava entra em operação na Bahia

Parque solar Ituverava entra em operação na Bahia

A Enel, por meio de sua subsidiária de energia renovável Enel Green Power Brasil Participações Ltda. (EGPB), iniciou a operação de mais 546 MW de projetos solares fotovoltaicos no Brasil, sendo 254 MW do parque solar Ituverava, e 292 MW do parque solar Nova Olinda, que são os maiores parques solares da América do Sul atualmente em operação. Ituverava fica no município de Tabocas do Brejo Velho, na Bahia, e Nova Olinda está localizada no município de Ribeira do Piauí, no Piauí.

"O início da operação de Nova Olinda e de Ituverava é um marco importante da nossa presença no Brasil, na medida em que confirma nossa liderança no mercado fotovoltaico do país, assim como nosso compromisso e habilidade de desenvolver de forma rápida e eficiente os projetos que ganhamos”, afirma Antonio Cammisecra, presidente da Enel Green Power.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 254